CONTEÚDO E MÍDIA

Como evitar a invalidade das respostas no L.A.B.E.L.?

 

Por Maria Candida Baumer de Azevedo I Maio de 2019

Quando os índices de controle do L.A.B.E.L. indicam que ele está inválido, a sensação de frustração costuma aparecer. Afinal, ao invés de se ter ali uma resposta será preciso entrar em contato pedindo que a pessoa refaça. É retrabalho, custo e frustração. Como instruir o respondente para evitar a invalidade das respostas no LABEL?

A instrução ao respondente começa antes de você enviar pra ele o e-mail com o passo a passo do L.A.B.E.L. De fato ela começa quando você faz contato com a pessoa e pede que ela responda ao instrumento.

Antes de falar com o respondente, alinhe o discurso com o requisitante

Se você é o requisitante, tem claro o que te levou a pedir que a pessoa responda ao instrumento. Seja qual for o objetivo: autoconhecimento, identificação de potencial futuro, construção de time, o importante é deixar isso claro. Entretanto, se o solicitante é outro e você está com a incumbência de apenas contatar os respondentes, alinhe antes com o solicitante os motivos e tenha claro como explicar isso a cada um.

A abordagem aos respondentes, poucos ou muitos

O contato com o respondente deve ser ao vivo ou via ferramenta com voz. É hora de explicar, dar espaço para dúvidas e criar uma conexão para que a pessoa se sinta mais tranquila em caso de ligação posterior para checar uma coerência baixa ou eventual pedido de refação.

Se o número de respondentes for grande, vale marcar um horário para conversar com todos ao mesmo tempo. Assim a pergunta de um pode ser a dúvida do outro. Usualmente essa conversa ao vivo costuma levar 1 hora. Temos slides básicos que podem ser usados para guiar a conversa, é só solicitar se você for certificado. Além disso, o vídeo ‘O que é o LABEL?’ costuma ser de grande ajuda, seja antes, durante ou depois da conversa. Primordialmente assista-o para estar alinhado com o conteúdo e tire suas dúvidas conosco sempre que preciso.

Roteiro para a conversa individual com os respondentes
  1. O básico de se apresentar, indicar em nome de quem está fazendo o contato. Explicar que a ligação se deve ao projeto x (conforme alinhado com o fulano);
  2. Compartilhar que todos os envolvidos no projeto x precisam responder a um instrumento de mapeamento de personalidade para aumentar a acurácia de entendimento (quem é a pessoa), do fit com o desafio (o quanto ela estará confortável e motivada com o papel, seu gestor e colegas), a precisão do direcionamento de carreira ou o que for o objetivo do projeto;
  3. Explicar que se trata de uma ferramenta online, cujo preenchimento leva em torno de 20 minutos;
  4. Dizer que a ferramenta é bastante sensível e por isso alguns cuidados devem ser observados para evitar a invalidade. Isso levaria a necessidade de refação (o que acontece com 15% a 20% dos respondentes em projetos como esse).
Detalhes a ser observados pelo respondente

(I) o uso do dicionário é permitido e encorajado (até hoje em mais de 4 mil perfis mapeados tivemos menos de 15 casos que não usaram o dicionário);

(II) a importância de responder em um momento sem interrupção, de forma sequencial (sem pular itens) e intuitiva (sem pensar muito e nem mudar respostas);

(III) a recomendação do uso de um computador ou laptop pois alguns tablets ou celular podem dar inconsistência de visibilidade da tela; (

IV) a importância da pessoa ser ela mesma, sem aumentar ou se diminuir pois a ferramenta pega e é o que mais gera necessidade de refação.

Erros comuns que contribuem para a invalidade
  1. Chamar de teste – a palavra teste tem conotação de prova, gera a ideia de certo e errado, o que incita mesmo que inconsciente a manipulação;
  2. Pedir pressa para responder – dizer que tem que fazer no próprio dia pois se a pessoa estiver em um dia realmente ruim pode aumentar a negatividade das respostas e isso afetar as respostas;
  3. Reforçar comportamentos buscados – já que a pessoa fica mais focada em ‘responder certo’ do que ser espontânea e verdadeira, os índices de controle capturam isso e levantam a bandeira;
  4. Fazer em qualquer lugar – pois a queda de sinal, interrupção das respostas, uso do celular com rolagens distintas ocultando pedaços da tela, são aspectos que podem comprometer também a validade das respostas;
  5. Uso de substâncias que alterem a mente ou humor – uma vez que os impactos de tais substâncias podem variar bastante, do muito feliz para o fundo do poço, nível de autoestima, bem-estar emocional;
  6. Sono – já que a privação de sono pode reduzir a capacidade de reflexão e raciocínio, responder no final do dia de trabalho pode ser ruim, a pessoa costuma estar entorpecida pelos acontecimentos, escolher um momento tranquilo do final de semana tende a ser melhor.
Expliquei direitinho e está inválido

O que leva a invalidade? Como abordar o respondente nesses casos para pedir que ele refaça? Leia mais aqui.